terça-feira, 18 de agosto de 2015

Dia do estudante é comemorado com estilo na Escola 25 de Outubro

Neste dia 11 de agosto a Escola 25 de Outubro preparou uma grande surpresa para os estudantes. De manhã a homenagem começou com lindas mensagens preparadas pela professora Maria Voltolini e um emocionante depoimento da aluna do 7º Ano Ana Caroline. Houve também a fala da Diretora Lauete Paz e uma tocante oração com a coordenadora Mácia Piovezan. Ao final da homenagem da manhã foi apresentado um teatro com o titulo “A rica e A pobre” sob a responsabilidade da professora Pollyana e da bibliotecária Sirly que divertiram os alunos com uma encenação humorística e ao mesmo tempo passou uma mensagem reflexiva. Após o recreio foi feita com as turmas uma educativa gincana de conhecimentos.
Os estudantes do período vespertino também foram homenageados. Assistiram ao teatro e cada professor preparou uma gincana para sua turma. Ressaltando que tanto de manhã quanto a tarde foi servido um delicioso lanche mais incrementado do que de costume em homenagem aos nossos amados estudantes.
Parabéns queridos estudantes pelo seu dia !

video

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

DISSERTAÇÃO ARGUMENTATIVA -9º ANO




Alunos pensam que escola é lugar de passeio
Já se foi o tempo em que o comportamento dos alunos nas escolas era baseado no respeito aos professores e colegas, na boa educação vida da família.
No passado os professores tinham a missão de ensinar, mas também sabiam que sua missão era muito mais do que simplesmente repassar conteúdos. Eram vistos pelos alunos com olhar de admiração, respeito alguém que tinha algo muito importante a ensinar. Os chamavam de “mestres”.
Mas atualmente professores são desafiados diariamente por alunos que se acham superiores a eles.  Há aluno que quer ser malandro, chega na escola falando gírias, anda arrastando o pé e entra na sala  de aula sem pedir licença com a maior falta de respeito ao professor.
Há o aluno “Babacaderno” que fica a aula inteira rodando o caderno no dedo ou com a ponta da caneta, depois levanta todo    “desengonçado” e pede para ir “no banheiro beber água”, um verdadeiro sem noção.
Tem ainda o aluno “Cidão” , este chega na escola gingando, age como um ganso que quer ver tudo o que acontece e se acha a “última bolacha do pacote”.
A maioria das escolas trabalham com o objetivo de preparar o aluno para o mundo, principalmente passar em uma boa universidade, porém muitos alunos se perdem pelo caminho causando sofrimento a si e a suas famílias. O funcionário da FEBEM de São Paulo e palestrante Gean Carlos contatou que  de dez adolescentes que vão para a FEBEM, nove são ex-estudantes. Estes entraram no mundo da droga e do crime; lá muitas vezes acaba morrendo nas mão de outros detentos.
Portanto para se evitar o conflito e a falta de respeito de alunos contra professores e as vezes na própria família é preciso que nossos governantes tenham um olhar diferente para a educação. Que estes ouçam as angústias dos professores, que já não pedem por melhores salários e sim por condições dignas e segurança para trabalharem. Acredita-se que com palestras educativas, regras mais rígidas, o apoio da família e a criação de casas de apoio que busque sanar as carências   destes adolescentes que não tem limites e nem aprenderam os valores, só assim teremos uma educação melhor pautada no respeito.
Daniela da Silva Barbosa- 9º Ano

Escola 25 de Outubro presenteia os pais com um lindo copo personalizado


 SER PAI

Ser pai é ter compromisso.
E usar como artifício.
O seu jeito de amar.
É sentir muita alegria.
De estar em sintonia.
Como a areia e o mar.
Ser pai é um presente.
Que alegra e deixa contente.
A nação do mundo inteiro.
É como uma árvore atrativa.
Que dá fruto e cativa.
Lá no centro do canteiro.
Ser pai é a convicção.
De ter a preocupação.
De o filho ser vencedor.
No caráter e na verdade.
Manter sempre a humildade.
Cultivando sempre o amor.
Ser pai é perder o sono.
É sentir um cão sem dono.
Quando o filho está distante.
Mas que sempre trabalha duro.
Para garantir o futuro.
E o filho ser importante.
Ser pai é o extremo.
No mundo em que vivemos.
Nesse planeta sem brilho.
Com trabalho estressante.
Mas tem momentos marcantes.
Que são os abraços do filho.
Ser pai é um enredo.
Mas que não retrata o medo.
E tem alegria de monte.
É como um final de novela.
Seguindo num barco a vela.
A procura do horizonte.
Ser pai é acordar cedo.
E construir um brinquedo.
Com madeira e verniz.
Uma boneca ou um pião.
Uma pipa ou caminhão.
Só pra ver o filho feliz.
Pai tem que ser amado.
Além de tudo respeitado.
Do fundo do coração.
Pai é uma sensação gostosa.
Uma coisa maravilhosa.
Que não tem explicação
 
FELIZ DIA DOS PAIS!